HyperX explica como escolher o mouse ideal para cada perfil de jogador

HyperX explica como escolher o mouse ideal para cada perfil de jogador

Jogar com precisão e conforto é determinante para vencer em uma partida, e até o jeito de segurar o mouse pode interferir no resultado e no desempenho do jogador. Apesar disso, nem todos os gamers, iniciantes ou experientes, sabem qual é o melhor dispositivo para o seu tipo de pegada ou de jogo. Pensando nisso, a HyperX preparou um guia para ajudar a identificar o mouse certo ou otimizar os recursos do dispositivo em função das particularidades de cada um. Afinal, embora não haja a melhor ou a pior maneira de segurar o mouse para jogar, cada estilo tem seus diferenciais.

Pegada “garra” – Foto: Divulgação/ HyperX
“Claw” ou pegada de “garra” é a forma de segurar o mouse em que a palma da mão fica apoiada na traseira do mouse e apenas as pontas dos dedos são usadas para dar firmeza ou acionar os botões, inclusive o polegar na lateral do periférico. É uma empunhadura estável, que permite cliques rápidos e pequenos ajustes, mas que pode cansar mais rápido do que outras pegadas.

Esta posição proporciona uma pegada firme do mouse em todos os estilos de jogos, como FPSs (First Person Shooter), que demandam muita estabilidade, e RPGs (Role Playing Games), em que a flexibilidade é fundamental.

Do ponto de vista do hardware, usuários com pegada claw devem se identificar especialmente com mouses grandes e não muito pesados. Uma sugestão é o HyperX Pulsefire Surge RGB, que se destaca pela precisão e estilo, graças ao sensor Pixart 3389 e aos efeitos de iluminação RGB 360°, respectivamente. Além disso, oferece configurações nativas de DPI de até 16.000 pontos por polegada, e conta com switches mecânicos Omron altamente responsivos, que suportam até 50 milhões de cliques e garantem o acionamento dos comandos com a garantia de um único clique.

Pegada “ponta do dedo” – Foto: Divulgação/ HyperX
Já a pegada “ponta do dedo” ou “Fingertip” é aquela em que o mouse é mantido ligeiramente afastado da mão para que a palma não faça contato com o periférico, embora alguns usuários apoiem dois dedos no botão direito do mouse para maior controle.Com a pegada Fingertip, os dedos ligeiramente dobrados permitem um ajuste ideal para realizar quase todas as ações enquanto o braço permanece imóvel. Uma grande vantagem desta posição é que ela permite um movimento rápido do cursor com o mínimo de esforço, e é uma ótima opção para uso geral do computador, e para partidas de MMO (Massive Multiplayer Online) ou MOBA (Multiplayer Online Battle Arena), em que se faz necessário rolar a tela constantemente.

Para evitar que os dedos fiquem rígidos durante a gameplay, a dica é o mouse Pulsefire Haste, feito para jogadores de ponta que otimizam cada fração de segundo para um melhor desempenho. Com apenas 59 gramas¹, este mouse tipo colmeia, tem tudo que o jogador precisa para melhorar a performance sem se preocupar com o peso do periférico. Já seus switches TTC Golden proporcionam cliques confiáveis e eficientes, e têmvida útil de até 60 milhões de cliques, enquanto o cabo flexível HyperFlex e os skates Virgin trabalham juntos por movimentos suaves e homogêneos.

Pegada “palma” – Foto: Divulgação/ HyperX
Por fim, a pegada de “palma” ou “Palm” é quando a base da mão envolve a parte de trás do mouse e os dedos indicador e médio repousam quase totalmente sobre os botões esquerdo e direito. Nesta forma de segurar o periférico, o polegar do usuário permanece reto ao longo da lateral do mouse oferecendo um controle adicional, e a palma da mão proporciona maior estabilidade, favorecendo a precisão.

Um diferencial desta pegada é que ao manter a mão em contato próximo com o mouse, os movimentos são amplamente controlados pelo braço e não apenas pelo pulso ou dedos. Essa pegada requer mais energia, mas compensa com maior controle, sendo ideal para movimentos amplos e precisos, especialmente com ajustes de sensibilidade mais baixos.

Jogadores dedicados de jogos de tiro podem aproveitar ao máximo o sensor Pixart 3389 do Pulsefire FPS Pro, que oferece DPIs nativos de 16.000 pontos por polegada. Desenvolvido com skates grandes, proporciona deslizamento suave pelo mousepad para que o jogador possa movimentá-lo com precisão e sem preocupações.

Embora cada pegada tenha seus pontos fortes, não existe uma maneira “correta” de segurar o mouse, então cada jogador deve escolher a que se sente mais confortável a partir das suas experiências de jogo.

É importante lembrar ainda que manter uma pegada suave, descansar o braço sobre a mesa e fazer pausas regulares minimizam os riscos de desenvolver uma síndrome do túnel do carpo².

Seja qual for a escolha, a HyperX tem mouses para todos os gostos e estilos. Para mais informações sobre a HyperX e seus produtos acesse o site.

¹Sem cabo
²Dormência e formigamento na mão e no braço causados por um nervo comprimido no pulso

Capi
A autora

Capi

A Capi nasceu em 2020 no parque Barigui em uma família de capivaras, mas viu que o seu negócio mesmo não é caçar e nem procriar, é FOFOCAR. Teve sucesso muito cedo e agora, além de com  DJ oficial da RIC FM ela passa está sempre nas nossas redes sociais contando as maiores tretas dos famosos no quadro Capi Indelicada! Vem conhecer a Capi no @radioricfm no Instagram e no Facebook 😉

Deixe seu comentário

Outras notícias

Cólicas e desconforto pélvico: não é normal sentir dor durante a menstruação

Cólicas e desconforto pélvico: não é normal sentir dor durante a menstruação

Leia mais >>
Quando uma “boa intenção” pode mais atrapalhar do que ajudar o próximo

Quando uma “boa intenção” pode mais atrapalhar do que ajudar o próximo

Leia mais >>
Vilões no prato: nutricionista e educadora física Dani Borges revela quais alimentos fazem muito mal à saúde

Vilões no prato: nutricionista e educadora física Dani Borges revela quais alimentos fazem muito mal à saúde

Leia mais >>