Cada vez mais as pessoas estão deprimidas. Mas é possível reverter esta situação, revela influenciador

Cada vez mais as pessoas estão deprimidas. Mas é possível reverter esta situação, revela influenciador

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apresentados no último mês de janeiro mostram que o Brasil é o segundo país das Américas com mais casos de pessoas depressivas, equivalente a 5,8% da população, logo abaixo dos Estados Unidos, com 5,9%. Mais preocupante ainda é que o Brasil ocupa o primeiro lugar quando se fala na prevalência dos casos de ansiedade.

Everson Dantas era um destes brasileiros que fazia parte desta lista. Atualmente, aos 29 anos de idade e com milhares de seguidores em diversas redes sociais, ele viveu situações tão difíceis na vida pessoal que encontrou na web uma forma de se curar e ajudar outras pessoas que também sofrem com a depressão.

Em abril de 2019, o paulista foi diagnosticado com depressão e síndrome de ansiedade. Durante o tratamento com uma psicóloga, ela sugeriu que Everson encontrasse um meio de expurgar os sentimentos que lhe sufocavam. Foi ali que ele criou uma página no Instagram que era denominada de “@xonegativismo”. “Lá postava frases positivas para que, quando tivesse recaídas, olhasse para elas e renovasse minhas forças para superar as adversidades. Em dezembro do mesmo ano, já com 50 mil seguidores no Instagram, resolvi mostrar sua verdadeira identidade. Até então as pessoas nunca tinham visto uma foto minha na página”.

Atualmente, com a depressão controlada, Everson cria conteúdo que ajudam as pessoas que sofrem da mesma doença a não desistirem. “Recebo milhares de feedback positivos dizendo que as inspiro a não desanimar e dar-lhes um motivo de risada em meio às adversidades da vida. Esse é meu combustível até hoje para melhorar e criar sempre novidades, pois encontrei meu propósito de vida, que é fazer as pessoas felizes, sorridentes e descontraídas”.

Hoje, Everson possui um milhão de seguidores no Instagram, 625 mil no Facebook, 760 mil no TikTok, 395 mil no Kwai, e 20 mil inscritos no YouTube. “Sempre levando meu melhor a elas, com uma risada contagiante e espontânea”, completa.

Capi
A autora

Capi

A Capi nasceu em 2020 no parque Barigui em uma família de capivaras, mas viu que o seu negócio mesmo não é caçar e nem procriar, é FOFOCAR. Teve sucesso muito cedo e agora, além de com  DJ oficial da RIC FM ela passa está sempre nas nossas redes sociais contando as maiores tretas dos famosos no quadro Capi Indelicada! Vem conhecer a Capi no @radioricfm no Instagram e no Facebook 😉

Deixe seu comentário

Outras notícias

Vilões no prato: nutricionista e educadora física Dani Borges revela quais alimentos fazem muito mal à saúde

Vilões no prato: nutricionista e educadora física Dani Borges revela quais alimentos fazem muito mal à saúde

Leia mais >>
Internet deixa alunos menos inteligentes segundo neurocientista e psicanalista

Internet deixa alunos menos inteligentes segundo neurocientista e psicanalista

Leia mais >>
Aulas presenciais: retomada da rotina deve ser feita com cuidados mentais, revela neuropsicopedagoga

Aulas presenciais: retomada da rotina deve ser feita com cuidados mentais, revela neuropsicopedagoga

Leia mais >>