Carregando.. Por favor aguarde.

Tá no coração da gente!

Blog da Igapó

22/03

A Polícia Civil de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro, concluiu o inquérito que apurou os motivos da fuga de detentos registrada no dia 19 de fevereiro na cadeia pública anexada ao prédio da delegacia. Um agente de 44 anos foi responsabilizado indiciado por promover ou facilitar a fuga de pessoa legalmente presa, o que pode render reclusão de seis meses até dois anos, conforme estabelece o Código Penal.

O carcereiro também teria descumprido normas de segurança estabelecidas pelo Departamento Penitenciário do Paraná (Depen). De acordo com o órgão, o agente não pode acesso às galeras onde os presos ficam após às 18h. Ele só deve andar pelo espaço com a presença de policiais ou outros agentes.

No dia da fuga, a Polícia Civil detectou que o servidor investigado entrou na carceragem com as chaves das celas para recolher os detentos que ocupavam o chamado 'quadrante', o que não é permitido. De acordo com as investigações, ele também autorizava o banho de sol nos fins de semana, o que não é legalizado pelo Depen. Os 31 fugitivos serão indiciados pelo mesmo crime que o agente.

Em nota, a assessoria de imprensa do Depen informou apenas que o caso está sendo tratado pela corregedoria do órgão.

(com informações do Tá no Site)

Rua Minas Gerais 297, Sl 192
Centro
Londrina-PR
CEP 86010-905
Fone Comercial: (43) 3371-0120
Fone do Ouvinte (43) 3371-0104